A imprensa progressista é o Grinch que veio roubar o Natal

A imprensa progressista (aquela gente esquisita que acredita que o PSOL luta por direitos humanos e que a Dilma sofreu um golpe) é o Grinch que veio roubar o Natal.

O Grinch, personagem de Dr. Seuss, interpretado por Jim Carrey

Confira algumas tentativas de se minar o espírito natalino:

Na Vice Brasil, uma das produtoras de conteúdo da Folha de São Paulo

Na Catraca Livre

No Brasil Post, versão brasileira do The Huffington Post, associado à editora Abril

Na Folha de São Paulo, que escolheu a véspera de Natal para divulgar a pesquisa do DataFolha

A capa da Superinteressante (uma revista que foi um marco em divulgação científica na imprensa brasileira e se tornou um panfleto progressista e pseudocientífico), também da editora Abril,  que juntou aborto e Nossa Senhora na mesma capa

Mas não se desanime! Relembre a mensagem de Natal do presidente Reagan, em 1981:

Revisado por Maíra Pires @mairamadorno

Feliz Natal!

Loading...

4 comentários para “A imprensa progressista é o Grinch que veio roubar o Natal

  1. Leonardo X

    Que aloprados de diversas categorias, desde cretinos fundamentais a psicopatas essenciais estejam atacando frontal e ostensivamente a maior festa da cristandade, é porque consideram que o espírito
    natalino já está bastante combalido na civilização ocidental. E não estão errados, infelizmente, nessa avaliação. Faz tempo que Papai Noel é o grande protagonista da festa que se tornou a maior para o comércio durante o ano. O “bom velhinho” é o “bezerro de ouro” do nosso tempo. Triste tempo! Que O Menino reacenda a chama dos cristãos neste Natal.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *