A desonestidade no Humaniza Redes

Com o crescimento da hipótese de impeachment batendo à sua porta, em especial pelos protestos e críticas manifestados pela internet, o governo Dilma criou uma estranha iniciativa marketeira: um site para denunciar e punir supostos abusos nas redes. A coisa toda foi chamada de Humaniza Redes e alardeada nas redes sociais, especialmente o Twitter.

E foi lá mesmo no Twitter que começaram a vir as primeiras denúncias contra o ato. Para princípio de conversa, tudo o que o “Humaniza” faz é criar uma folha, uma máscara para formas de denúncia já existentes no site da Polícia Federal. Os rótulos escolhidos pelo governo servem apenas para alimentar segmentos de militância de esquerda. Vejam abaixo o sistema de entrada de denúncias da Polícia Federal e depois o do “Humaniza”

PoliciaFederal_Denuncias

Humaniza_Denuncias

Improviso: sistema do “Humaniza” é o mesmo da Polícia Federal

Criando uma outra forma de denunciar, o governo federal desprestigia a Polícia Federal e, pior, estimula que as denúncias sejam feitas por outro caminho, onde um filtro governista é usado para só então haver o encaminhamento legal. Depois, descobriu-se também que o logotipo da campanha não é original e não há notícias de que tenham creditado a imagem a quem de direito. Vejam abaixo:

Logotipo bolado por agência "esperta"  para a campanha

Logotipo bolado por agência “esperta” para a campanha

Humaniza_LogoRoubado

Origem do logotipo “copiado” pelo Humaniza – Livro de Lurlene McDaniel

LP de Erasmo Carlos também pode ter sido origem da "idéia" do Humaniza

LP de Erasmo Carlos também pode ter sido origem da “idéia” do Humaniza

Humaniza_petistaComo se não bastasse o evidente desperdício de dinheiro, mais uma vez vemos a estrutura da máquina pública sendo usada em benefício do partido da presidente. O perfil no Twitter só segue militantes de esquerda, promove eventos de petistas e bloqueia todos que fazem críticas ao governo federal. Inúmeros seguidores do @reaconaria informaram que foram bloqueados pelo perfil @humanizaredes somente pelo fato de terem criticado a iniciativa. Nossa conta no Twitter também está bloqueada por aquilo que deveria ser um serviço público, logo de acesso a todos.

Qual o sentido desse serviço? Quanto está sendo gasto para esse novo front de militância partidária travestido de serviço público? Quais foram as agências contratadas para este serviço sectário? Quem está trabalhando nisto?

O fiasco dessa iniciativa que não sabemos quanto custou fica ainda mais evidente quando se compara o sucesso do @desumanizaredes, paródia que denuncia a falsidade do “Humaniza” e que em um dia já tinha mais seguidores do que o serviço do governo.

Assim que o serviço foi disponibilizado, tentamos descobrir quem eram os responsáveis. Nossa primeira dica foi buscar as primeiras pessoas seguidas pelo perfil, curiosamente pessoas que imediatamente após o lançamento já começaram a indicar e replicar as postagens do Humaniza. Fizemos esse tweet:

 

Algumas pessoas citadas neste tweet se dirigiram a nós indicando não terem nada a ver com o projeto, apenas serem amigas de gente ligada a ele. Assim que conseguirmos descobrir quanto foi gasto e quem está trabalhando nesta ação, informaremos aos nossos leitores.

 

P.S.: O Humaniza Redes esclarece que não pagou nada pelo logotipo já que a imagem é “royalties free“. A informação de que é a agência “Leo Burnett Tailor Made” quem fez o serviço, chega-se ao quanto a presidência já gastou com ela: R$ 300 mil em janeiro de 2015. Vejam o tweet do “Humans of PT

 

Loading...

13 comentários para “A desonestidade no Humaniza Redes

  1. E-DITORA

    Não foi esse o valor pago. Há complementos e valores pagos separadamente à agência que totalizam a quantia de R$ 10 MILHÕES. Tenho um print dos valores, mas infelizmente seus comentários não suportam imagens.

    Responder
  2. SideShow Bob

    Primeiro, a grande mídia não escreveu uma linha sobre o fato.

    Segundo, creio que a empresa está mais do que gabaritada para mudar de nome para:
    Leo Burnett Marketing & Laundry.

    Responder
  3. dudu

    A Leo sempre foi uma agência meia boca, agora, pra mim é só mais uma lavanderia de dinheiro sujo de sangue dos mortos em hospitais, em crimes e outra coisas hediondas que esse desgoverno marxista defende.

    Responder
  4. will

    No poder: psicopatas. Na base militante: histéricos. E no meio: o povo pagador de impostos.
    Uma amiga minha, jornalista no JP Silvia Kikuchi, acaba de publicar que um juiz da região de Fukui, rejeitou a reabertura de uma Usina Nuclear, atendendo ao pedido de 9 moradores da região. Aqui, saímos aos milhões as ruas e o governo se faz de mouco, seguindo fielmente a sua agenda marxista e seus compromissos ideológicos com países derrotados na essência!

    Responder
  5. IGOR JOSÉ

    Estamos diante do governo mais hipócrita que já podemos ver desde que vivemos em democracia, todo o cidadão tem o direito de se expressar com toda a liberdade, dizendo o que realmente pensa independentemente se irão gostar ou não, ninguém pode interferir nas nossas convicções.

    Responder
  6. marco antonio de souza motta

    300.000,00 PROPAGANDA E PUBLICIDADE 000000892 PRESTAçãO DE SERVIçOS DE PUBLICIDADE, COMPREENDENDO O CONJUNTO DE ATIVIDADES REALIZADAS INTEGRADAMENTE QUE TENHAM POR OBJETIVO O ESTUDO, O PLANEJAMENTO, A CONCEITUAçãO, A CONCEPçãO, A CRIAçãO, A EXECUçãO INTERNA, A INTERMEDIAçãO E A SUPERVISãO DA EXECUçãO EXTERNA E A DISTRIBUIçãO DE PUBLICIDADE DE COMPETêNCIA DA SECOM AOS VEíCULOS E DEMAIS MEIOS DE DIVULGAçãO.

    Responder
  7. Marcelo

    Os caras foram no google imagens e PUM!
    Pesquisem no Google imagens por “Fingerprint heart”, “Fingerprint love”, “Black and white finger”
    Deve ter umas 500 imagens iguais a aquelas ali.
    http://41.media.tumblr.com/d172215bb637082cee7c229400fa4716/tumblr_mhpde7lWBU1qihh0eo1_1280.jpg
    http://cdn.is.bluefly.com/mgen/Bluefly/eqzoom85.ms?img=315005301.pct&outputx=583&outputy=700&level=1&ver=1
    https://artsinspiration.files.wordpress.com/2010/10/typographyfingerprintheartheartidealovegraphicdesign-a036b0b48841cb33fbceeacb871f6bbb_h.jpg
    É UMA MARCA REGISTRADA DO JORNAL AMERICANO – HEARST NEWSPAPERS PARTNERSHIP, L.P., criada no valentine’s day de 2006
    http://inventors.about.com/od/examplescorporatelogos/ig/Trademarks-of-Love/Fingerprint-of-Love.htm
    É violação de copyright mesmo! Ainda bem que os americanos não sabem, ou poderiam processar o governo brasileiro.

    Responder
    • amaury

      vamos “humanizar” essa situação, então!
      alguém que saiba o caminho das pedras pode denunciar essa violação de copyright às instâncias competentes nos EUA?

      Responder
  8. Thiago Cortês

    O punk é ver também o cinismo da presidenta. Segundo a imprensa, Dilma quer “uma internet livre de violação dos direitos humanos”. É a mesma Dilma que usa um programa fajuto como o Mais Médicos para bancar a ditadura cubana, onde não existe imprensa livre ou internet livre. É a mesma Dilma que se recusa a condenar a violação de direitos humanos na Venezuela, o que a Anistia Internacional faz dia sim e dia não também. A mesma Dilma que quando questiona dos problemas no Irã respondeu que o Brasil respeita a soberania dos povos.

    Responder
  9. Fabio

    Tentem consultar a secretaria ou ministério ao qual esse “serviço” está vinculado, entrem no SIC (Sistema de Informação ao Cidadão) daquele órgão e peçam as informações pertinentes. Eles têm prazo e são obrigados a informar tudo.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *