A defesa de Aloysio Nunes

O brasileiro de oposição conta com pouquíssimos parlamentares combativos, vê-los envolvidos em denúncias é sempre uma tremenda decepção. Se a denúncia contra o senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) foi uma ducha de água fria no inverno, sua nota rebatendo o delator e a matéria de Veja foi pior ainda.

O ex-secretário da Casa Civil de São Paulo adotou a mesma linha de defesa do PT dizendo que as doações são legais. Ora, todos sabemos que as doações são legais, até as do PT. A dúvida é se o dinheiro que entrou legalmente na campanha foi fruto de superfaturamento na Petrobras. Neste ponto, o senador ao produzir esse tipo de nota destrata seus eleitores e a opinião pública.

A segunda linha de defesa do ex-secretário da Casa Civil de São Paulo é dizer que em 2010 não existia Operação Lava Jato. Outra bobagem, as investigações que culminaram no Petrolão também são fruto de denúncias de desvios na Petrobras e tentativas frustradas de investigações em CPIs que não prosperaram durante todo o lulismo no poder.

A terceira linha de defesa do senador Aloysio Nunes é talvez a mais perversa. Diz ele que uma eventual doação da UTC à sua campanha teria como motivação tê-lo como intermediador de pleitos junto à Petrobras, empresa que ele não teria nenhum poder de influência por ser membro da oposição.

Ah, senador, assim o senhor finge que não era secretário da Casa Civil em São Paulo! O senhor finge que a Petrobras e as empresas controladas por ela não fizeram investimentos no estado de São Paulo durante o período em que o senhor coordenou o governo estadual. Pior, finge que a UTC-Constran não têm investimentos no estado que independem da Petrobras.

O eleitor de oposição sacrificou o governador Arruda e o senador Demóstenes Torres. Pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff, não vai ser o mandato do senador Aloysio Nunes que os eleitores de oposição vão salvar. Afinal, nossa moral não é a deles.

Senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) (Foto : Sergio Amaral)

Senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) (Foto : Sergio Amaral)

Confira na íntegra a nota do senador Aloysio Nunes:

A quantia mencionada nas reportagens que tratam da delação premiada do ex-presidente da UTC, Ricardo Pessoa, foi efetiva e legalmente arrecadada pelo comitê de minha campanha ao Senado em 2010. A doação foi feita conforme a Lei, consta da prestação de contas encaminhada à Justiça Eleitoral, sendo por ela aprovada e está publicada na Internet para conhecimento de todos, há mais de quatro anos. Não tenho, portanto, nada a esconder quanto a esse episódio, tampouco estou sendo acusado de coisa alguma.

Em 2010, não havia operação Lava Jato e eu, como a imensa maioria dos brasileiros, não tinha conhecimento das relações promíscuas entre a UTC e a Petrobras.

Nunca fui procurado por Ricardo Pessoa, nem antes e nem depois da campanha, para patrocinar pleitos junto à Petrobras, uma vez que, entre outras razões, é pública e notória a minha frontal oposição ao governo petista, à sombra do qual esse senhor prosperou. Aliás, não conheço Ricardo Pessoa; nunca o vi mais gordo e muito menos mais magro.

Fica a interrogação: a quem interessa, agora, misturar uma contribuição que seguiu estritamente os parâmetros legais (e há muito divulgada na Internet), com toda essa história sórdida, de dinheiro sujo, roubado da Petrobras por essa organização criminosa instalada no topo da empresa pelos governos do PT?

Aloysio Nunes Ferreira, Senador (PSDB-SP)
Brasília, 26 de junho de 2015″

Loading...

6 comentários para “A defesa de Aloysio Nunes

  1. Pobre Paulista

    Aloysio Nunes, oposição? Acho que eu faltei nesta aula. Que eu saiba ele é do partido da SOCIAL-Democracia, que tem um alinhamento ideológico idêntico ao da situação, e foi comunista na juventude.

    Se são oposição, são certamente apenas no campo operacional, não no ideológico.

    Responder
  2. Alexandre Sampaio Cardozo de Almeida

    São Paulo, 29 de junho de 2.015

    Prezados do Reaçonaria,

    O que me impressiona é o fato de sempre, mas sempre quando petistas são pegos com as patas em flagrante delito, um tucano é pego com o bico sujo. Quem não se lembra do Mensalão, quando o ímpeto tucano arrefeceu quando pegaram o ex-governador de MG, Eduardo Azeredo no chamado Mensalão mineiro? Nada me tira da cabeça que que salvaram Lula do impeachment em 2.005, para preservar Azeredo…

    Quanto a defesa de Nunes Ferreira, é o padrão esquerdopata. Não nos esqueçamos que o mesmo foi, é, e sempre será de esquerda, inclusive servindo de “chauffer” para o terrorista assassino Carlos Marighella, porco homicida da mesma estirpe da terrorista que se encontra no poder atualmente.

    Chegamos ao ponto de combater comunistas com comunistas! É o mesmo que limpar merda com merda! Que Deus nos proteja!

    Responder
  3. Paulo

    A reconaria esta esquecendo que o Senador Aluisio Nunes foi o primeiro a da uma nota de exclarecimento.E que a petezada em seguida o copiu igualzinho.Que receber doacoes de empresas nao e crime e que devem ser declaradas no Tribunal Eleitoral.Vai so site e verifica quem declarou se e que eles nao mudaram o site. Comparar uma organizacao criminosa que recebe milhoes de dinheiro com a do senador que recebeu o valor de uma casa minha vida so pode ser piada.

    Responder
    • Editor

      Caríssimo IP 177.182.168.19, não adianta ficar defendendo o senador Aloysio Nunes com vários nomes diferentes. Teus comentários serão excluídos. Obrigado.

      Responder
    • leo

      nada a ver, é o aloysio q tá copiando o pt. a linha de defesa do partido sempre foi q isso era criminalizar as doações de campanha. pq vc acha q reaçonaria tá esquecendo? ela falou q todo mundo sabe q são legais, a dúvida é se vieram de superfaturamento.

      e outra, o negócio aqui vai além do petrolão, tem a ver com a relação das empreiteiras com os governos, o aloysio foi secretario da casa civil de sp, qts obras a utc e a constran têm com sp? quer dizer q a utc vai lá e doa meio milhão pro aloysio nunes só por espírito público?

      as doações de todos os partidos e todos os candidatos tão na internet, não é função do tse e dos tres ficar rastreando dinheiro. o ponto é saber a origem do dinheiro.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *